21 de fev de 2008

DENTRO e por fora do eixo...

Esses dias têm sido de muita música fora do eixo na sampalândia. Teve show do Vanguart no Auditório do Ibirapuera (com o guitarrista David Dafré numa noite inspiradíssima), a visita do Macaco Bong para entrevista na BRAVO! aproveitando a vinda para tocatas fugazes por Sampa, participando, inclusive, da Noite Fora do Eixo no Centro Cultural São Paulo.




Inaiã Bong em ação




Esta noite, 16/02, aliás, só foi noite de show por conta dos curitibanos do Terminal Guadalupe, que nos convidaram para abrir o show deles e ainda abriram um espaço para o Macaco Bong tocar também.




Terminal Guadalupe



A noite foi quente como no Acre. Poderia ser Cuiabá também. Sim, foi agradável demais, muito pelo público, receptivo e participativo. Muito pelo aconchego da Sala Adoniran Barbosa, no Centro Cultural São Paulo, um dos palcos mais consagrados da capital paulistana.




Anzol e Magrão


Mas sim, talvez a quentura toda que se instalou ali se devesse mesmo ao fato do ar condionado estar com defeito. Massa, o desconforto do calor foi compensado pela energia das a presentações, afinal apesar do rock ter se criado em lugares onde o sol não costuma desfilar seus raios com muita intensidade, ele sempre teve uma relação estreita com lugares quentes, como o inferno.


Saibam o que disseram sobre a Noite Fora do Eixo...


Dropmusic - por Valdir Antonelli


Banana Mecânica - por Marcelo Santos


Scream and Yell - por Marcelo Costa






Fotos por Valdir Antonelli

Um comentário:

neuza bini disse...

rá! ver aquele batera lá de cima por aqui é mto bom. senhor bong! bjsss